Pois é! Duvido muito que você entenda o porquê as tensões sempre vêm distribuídas em 110 ou 220. Isso porque eletricidade não é um assunto bastante comum hoje em dia.

Mas fique tranquilo, vou te explicar agora. A tensão é uma grandeza necessária para se saber quanto de corrente pode ser disponibilizado.

Quando utilizamos aparelhos elétricos como o chuveiro, liquidificador, geladeira ou mesmo um ferro de passar roupa é necessário bastante corrente.

Mas isto fica ainda mais evidente quando encontramos fábricas que precisam mover máquinas enormes. Normalmente a tensão recebida pelos fios quase não é suficiente.

Entretanto como ficam os casos de equipamentos que precisam de tensões altas como 1000 v ou mais? E a televisão que também possui partes que funcionam só milhares de volts?

Como garantir que não vou queimar um equipamento eletrônico que só precisa de 10 v no total? Ou como garantir que essa tensão sirva para diferentes equipamentos com diferentes necessidades?

É aí então que entra o nosso herói transformador. Ele é responsável por ajudar a diminuir a tensão em equipamentos eletrônicos ou então aumentar o valor em caso de empresas robustas.

Se você notar bem eles estão até mesmo presentes nos postes da sua rua. Já que a tensão no fio é muito maior do que a que chega na sua tomada.

Hoje vou falar um pouco sobre como funciona uma fabrica de transformadores. Quer dar uma olhada? Então vem comigo!

Como funciona uma Fabrica de transformadores?

Pois bem, os dois materiais em maior abundância que você vai encontrar em uma fabrica de transformadores são ferro e cobre. Normalmente a fábrica já compra os materiais e só se encarrega de montar.

Mas é possível que a mesma empresa se encarregue de todas as etapas anteriores de produção. Assim a qualidade fica sob um controle mais rígido e também é possível oferecer um produto final mais barato.

O fato é que o cobre é necessário para fazer os fios condutores do transformador. Eles normalmente são enrolados em uma espécie diferente de carretel de um material isolante.

Isto para evitar curtos com o núcleo de ferro. O processo é manual e feito com a ajuda de uma máquina semelhante a uma máquina de costura, que pode ser pré-programada para não se perder o número de voltas.

As chapas do núcleo de ferro são feitas de um modo a aumentar a dissipação de calor. Assim os efeitos de histerese magnética não vão atrapalhar na força do campo eletromagnético.

Conclusão

Agora que você já sabe como funciona uma fabrica de transformadores está na hora de receber uma dica de ouro. Transformadores são equipamentos incríveis e realmente precisam ser criados do melhor jeito possível.

Qualquer erro de cálculo ou de execução na montagem de um transformador pode causar resultados terríveis! Então é bem importante que você escolha direito a fabrica de transformadores que você vai fazer negócios.

Eu por exemplo sempre recomendo que você procure um lugar que esteja com pessoal preparado. Os melhores engenheiros são necessários para que se crie os projetos de maneira bastante eficaz.

Quanto melhor precisão for feita no esquemático do transformador, mais resultado você vai ter no final.

Sendo assim eu sempre recomendo a Núcleo ATS Transformadores. Lá você consegue receber os melhores resultados e ainda sai com um grande fator de custo benefício.

É normalmente muito difícil encontrar profissionais tão dedicados quanto os de lá. Mas com um ambiente de respeito ao trabalhador não poderia ser diferente, não é.

Então é isso minha gente, vou ficando por aqui. E qualquer dúvida deixe aí nos comentários que assim que der eu te respondo, tá ok?

Um grande abraço e até a próxima!