Para fazer a venda de uma empresa, é preciso saber como calcular o seu valor de mercado, coisa que pode ser difícil para muitos. Afinal, quanto maior é o negócio, mais coisas a avaliar e que impactam o preço de venda. Dessa forma, o empresário que está pensando em se desfazer da sua companhia ou de parte dela precisa aprender a precificá-la corretamente.

 

Como calcular usando valor de múltiplos

 

Para quem está em processo de vender empresa e precisa chegar a um valor de mercado, usar a opção “valor de múltiplos”. Isso quer dizer usar como parâmetros empresas de mesmo porte e também produzam as mesmas coisas; o valor de mercado que essa empresa tiver poderá ser usado como referência.

Por exemplo: se você tem uma empresa com 400 funcionários e que fabrica produtos de higiene pode se basear no valor de mercado de outra empresa com a mesma quantidade de funcionários e que atue no mesmo segmento para determinar quando o seu negócio vale.

 

Projeção para cinco anos

 

Ao pensar em comprar uma empresa, os interessados desejam saber quanto podem lucrar com aquilo nos próximos anos. Por isso, um dos melhores meios de “convencer” uma pessoa a comprar a empresa é mostrando como ela poderá ser lucrativa nos próximos cinco anos.

Se você quer saber como calcular, o melhor é averiguar quanto a sua empresa tem acumulado de caixa e retirar todas as despesas, deixando somente o lucro líquido. Sabendo com certeza quanto de lucro bruto e lucro líquido a empresa gerou nos últimos meses, é possível fornecer ao comprador uma ideia de quanto será obtido futuramente.

 

Valor de todos os bens corporativos

 

Todas as empresas, não importa o seu porte, têm um patrimônio. Dentre as coisas que podem ser consideradas patrimônio estão:

 

  • Contratos;
  • Materiais de produção;
  • Equipamentos;
  • Investimentos

 

Sendo assim, tudo o que constar como infraestrutura da empresa pode e deve ser listado como patrimônio e uma das formas de calcular o valor de venda.

Para ajudar: se o seu negócio tem três máquinas relativamente novas e que custam juntas R$ 40.000,00 e o lucro líquido projetado para os próximos cinco anos é de R$ 1.400.000,00, é possível juntar esses dois valores para determinar um preço de venda.

 

Quero vender minha empresa, mas tenho dificuldade em saber como calcular: o que fazer?

 

Esse é o caso de parte dos proprietários que estão querendo vender as suas empresas: mesmo sabendo dos melhores métodos de precificação, é difícil chegar a um valor justo, mas que possibilite a venda.

Nesse tipo de situação, vale a pena procurar por uma consultoria especializada, como de órgãos que fazem a orientação de empreendedores. Esse tipo de medida é muito recomendado para os pequenos empresários (o MEI não pode ser incluído porque eles não podem vender as suas empresas).

Para empresas de médio e grande porte, pode ser interessante procurar um especialista em finanças para ajudar a precificar o negócio, de forma a atrair o máximo de interessados.

Gostou das dicas? Leia mais em nosso blog.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *